Venda por grosso de carne lubin

Em alguns dos grossistas de carne de Cracóvia, os chamados carne refrescante, ou falsificação das datas de aptidão para uso e imersão de carne na água. Práticas escandalosas foram reveladas aos jornalistas por atacadistas de cadáveres empregados em Cracóvia, que deram os rótulos que, com o tempo de sua força expirada, novas etiquetas foram substituídas para que a empresa pudesse gastar produtos inutilizáveis ​​a todo custo. O alegado processo de falsificação aparentemente era apenas um mistério aparente, e até mesmo os chefes sabiam disso, o que fazia vista grossa para as más práticas em sua casa de carne.

Infelizmente, teme-se que as funções descritas sejam uma prática no poder dos atacadistas de carne, o que diz aos possíveis compradores que também prestem mais atenção ao adquirir artigos de origem animal. O início desses trabalhos ultrajantes é o desejo de lucrar, mas as conseqüências desse comportamento imprudente são suportadas pelos consumidores que se vêem como o resultado desse estágio de causa e efeito. Infelizmente, no supracitado atacadista de carnes de alta qualidade, constatou-se que há sempre maiores deficiências de natureza sanitária. Bem, parte da comida emitida pela planta foi colocada em interiores que não satisfaziam nenhum padrão de higiene, onde estava repleta de germes e bactérias patogênicas.

Tais defeitos são comumente aceitos por atacadistas desonestos, porque os empresários antes de tudo querem permanecer no mercado, independentemente da saúde daqueles que comem seus produtos preparados. Os proprietários dos grossistas de carne de Cracóvia negam os relatórios escandalosos, alegando que é, portanto, a pérfida vingança dos trabalhadores insatisfeitos ou despedidos. Como é geralmente o caso neste modelo, é difícil dizer claramente qual das perspectivas do conflito está dizendo a verdade. A Sanepid ficou interessada em investigar esse assunto delicado e, durante todo o acidente, sugerimos maior cautela na compra de produtos cárneos.